INCÊNDIO FLORESTAL

INCÊNDIOS DEIXAM 60 MORTOS NA GRÉCIA; 26 CORPOS SÃO ENCONTRADOS NA MESMA CASA

Incêndios florestais registrados nos arredores de Atenas, capital da Grécia, causaram a morte de pelo menos 60 pessoas nesta terça-feira (24), disse Myron Tsagarakis, vereador de Rafina, capital da área turística também afetada pelas chamas. Com informações da AFP.

“Contabilizamos 60 mortos”, declarou Myron, confirmando as informações divulgadas pela imprensa local. O governo, no entanto, ainda mantém oficialmente um total de 50 óbitos.

De acordo com números ainda provisórios, os violentos incêndios deflagrados desde segunda-feira (23) também deixaram 172 feridos, entre eles 11 em estado grave.

Na periferia de Atenas, boa parte das vítimas foi registrada em Mati, um balneário situado a cerca de 40 quilômetros ao leste da capital.

Dentre as vítimas, 26 corpos carbonizados foram encontrados nesta terça-feira (24) em uma casa em Mati, de acordo com a Cruz Vermelha.

Os corpos das vítimas estavam abraçados e carbonizados, segundo um fotógrafo da AFP.

Aparentemente, não conseguiram chegar ao mar para se protegerem das chamas, avaliaram os bombeiros, acrescentando que o incêndio foi controlado em Ática. Continua muito ativo, porém, em Kineta, 50 quilômetros ao oeste de Atenas.

A maioria das vítimas “morreu nas casas, ou nos automóveis”, declarou o porta-voz do governo grego, Dimitris Tzanakopoulos.

As autoridades seguem buscando vítimas e retirando os afetados nesta terça-feira, segundo o porta-voz do governo grego, Dimitris Tzanakopoulos

Nove barcos da patrulha costeira, dois navios da Marinha e “dezenas de barcos particulares”, auxiliados por helicópteros do Exército, realizam evacuações a partir do porto de Rafina, próximo a Mati, onde residentes e turistas se refugiaram na beira do mar, informou Tzanakopoulos.

A presidência da República cancelou os festejos desta terça-feira para recordar o restabelecimento da democracia na Grécia, em julho de 1974.

com informações do DN/Internacional