ENCONTRADO O CORPO DO TRIATLETA DESAPARECIDO DURANTE O IRONMAN

Foi encontrado o corpo do triatleta Genilson Lima, de 48 anos, desaparecido durante a prova de natação do IronMan, realizada no domingo (26), em Fortaleza.

Ele foi localizado por volta das 17 horas desta segunda-feira (27), por equipes de mergulho da Seção de Salvamento Marítimo. As buscas eram feitas há mais de 24 horas.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o corpo estava boiando próximo à Estação de Pré-Condicionamento de Esgoto da Cagece, no Bairro Moura Brasil, nas proximidades do local onde a prova era disputada.

Familiares fizeram o reconhecimento, conforme a capitã Juliany Freire, porta-voz do Corpo de Bombeiros. Ele foi encaminhado à Coordenadoria De Medicina Legal (Comel), onde será feita perícia. Não foram vistas marcas de violência. Genilson ainda estava com a touca utilizada na natação.

As equipes de busca acreditavam que a correnteza poderia carregá-lo por longas distâncias. Por isso, o perímetro de buscas havia sido estendido até a Praia de Icaraí, a cerca de 20 quilômetros de onde era realizada prova.

Em nota, a organização do IronMan 70.3 Fortaleza lamentou o ocorrido. “É com profunda tristeza que confirmamos o falecimento de um dos nossos atletas. Nossos pesares e condolências para a família e os amigos do atleta, a quem continuaremos a apoiar durante este momento muito difícil”, informou Carlos Galvão, CEO da Unlimited Sports e licenciado para o IronMan 70.3 Fortaleza.

Ainda segundo o documento, o atleta iniciou a natação, porém não foi registrado pelo tapete de cronometragem – através de um chip – a saída da natação, constatando o seu desaparecimento. Ao não ver a saída de Genilson do mar, a família acionou os organizadores. “O trabalho com as autoridades locais em uma busca intensa e imediata resultou na recuperação do atleta nesta tarde de segunda-feira”, completa a nota.

Além dos Bombeiros, a Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), com helicópteros, equipes da Marinha e da Guarda Municipal também participavam da operação.

Por meio de imagens de um drone, foi constatado que Genilson chegou a realizar, ao menos, um quilômetro da prova.

Gabriela Lima, filha do triatleta, informou que ele tinha experiências em prova do tipo, sendo considerado de alta performance. Já havia participado do IronMan, em outras edições, embora não tenha completado. Há um mês, competiu em uma prova semelhante, o Cabra da Peste, em que conquistou o primeiro lugar em sua categoria.

com informações do Tribuna do Ceará
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *