EM GRANJA, ADOLESCENTE DE 16 ANOS É MORTO BRUTALMENTE A PEDRADAS. POLÍCIA MILITAR DETÉM ACUSADOS

Uhttps://2.bp.blogspot.com/-AUvMBkBE5Lk/WRcufRbZjvI/AAAAAAACW6E/JQAlM6_E2KEEhwf2dO0DgSA6hdEdmfFqACLcB/s1600/X276.jpgm adolescente de 16 anos identificado como Francisco de Sousa Carvalho, o qual residia até poucos dias no distrito de Tabuleiro mais que atualmente estava morando com sua irmão na Cohab do bairro Oiteiro, foi brutalmente morto a pedradas durante a noite de sexta-feira, 12, na cidade de Granja.
A polícia tomou conhecimento do crime por volta das 23h15 quando uma pessoa ligou para o 190 informando sobre o sinistro que havia ocorrido no bairro Oiteiro. Conforme informações da polícia, a vítima tinha envolvimento com pequenos furtos.

Segundo informações colhidas pelo nosso blog parceiro Camocim Polícia 24h junto à Polícia Militar, a vítima estava no bairro citado quando foi surpreendida por alguns indivíduos.  Ali teria se iniciado um bate boca e os elementos teriam se armado com pedras e começaram a apedrejar o adolescente. Desacordado no local, a vítima só foi socorrida momentos depois por uma ambulância à UPA 24h, no entanto, o jovem já deu entrada sem vida naquela unidade de saúde. No local do crime os policiais colheram informações e chegaram ao nome de quatro pessoas. As diligências ainda se iniciaram durante a noite de sexta mais somente na manhã deste sábado, 13, uma equipe sob o comando do Subtenente Marcos conseguiu deter três dos quatros suspeitos os quais foram identificados como: Felipe, 19 anos; o menor F.L.N., 16 anos e Jardel, de 21 anos. Os três teriam confirmados que já existia uma rixa entre eles, mais negaram a participação no crime, disseram que o autor seria o quarto elemento que estaria foragido.  Todos os envolvidos foram conduzidos para a DPC de Camocim onde foram ouvidos pelo delegado plantonista e liberados em seguida para responder o processo.

com informações do Camocim Polícia 24h
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *